• Марина Кожинова
  • Читали: 17

Вик Муниз Инстаграм фото

Vik Muniz
“Se a liberdade significa alguma coisa, será sobretudo o direito de dizer às outras pessoas aquilo que elas não querem ouvir”. George Orwell
Vik Muniz
Feliz Dia das Mães, meu amor. @malubarretto
Vik Muniz
Arrivederci, Sereníssima!
Vik Muniz
Veneza.
Vik Muniz
Sundowners.
Vik Muniz
Telhados venezianos.
Vik Muniz
Dez anos de eternidade. Os melhores da minha vida. Eu não sei viver sem você. @malubarretto . Foto fácil de amor verdadeiro da Annie Leibovitz.
Vik Muniz
It’s ready! My Verso of Diego Velasquez 1656 masterpiece Las Meninas was finally assembled here in Brooklyn and ready to join the rest of the show.
Vik Muniz
Beth Carvalho, a grande madrinha do samba nos deixou hoje, porém com um legado musical incomparavelmente precioso. Quando “Coisinha do Pai” foi a primeira música a ser tocada em Marte, algo sorrateiro e delicioso pinicou o meu cérebro, como faz o próprio samba a cada pequena vingança. Aquele sentimento gostoso que conecta o cosmos com o fundo do quintal. Ela está com certeza no meio de Nelson Cavaquinho e Cartola fazendo a alegria de deuses e dando um novo sentido para a eternidade.
Vik Muniz
Mina, Murini mosaic 2019. #mosaic #murini #venice #murano #glasstress2019
Vik Muniz
Luzia era uma jovem de 20 anos quando morreu há 11,500 anos atrás. Sua descoberta nos arredores de Belo Horizonte em 1975, fez com que todas as teorias de povoamento humano nas Américas tivessem que ser revisitadas. Luzia é talvez a vítima mais lamentável do incêndio que consumiu o Museu Nacional em 2 de setembro de 2018. Por sorte uma equipe incansável de especialistas conseguiram resgatar 80% da preciosa relíquia e continuam realizando um verdadeiro trabalho de meta- arqueologia no local com um mínimo de suporte público. A foto acima foi realizada com as cinzas encontradas exatamente no local que Luzia ocupava antes do incêndio e é o primeiro produto da série “As Cinzas do Museu” cujas vendas reverterão em apoio à iniciativa de recuperação do acervo. Eu não sou de postar trabalhos por aqui mas fiquem ligados no desenvolvimento desse projeto que tem a ver com a participação e a memória de todos nós. Por favor repostem. #Repost @sikkemajenkins ・・・ Vik Muniz: “Luzia was 20 years old when she died 11,500 years ago. The discovery of her remains on the outskirts of Belo Horizonte in 1975 prompted all human settlement theories in the Americas to be revisited. Luzia is perhaps the most regrettable victim of the fire that consumed Brazil’s Museu Nacional de Rio de Janeiro on October 19, 2018. A tireless team of experts managed to rescue 80% of the precious relics, and continue to perform archaeological work on site with minimal public support. This photograph was made from the ashes taken from the site where Luzia was on view to the public, and is the first artwork from a new series entitled ‘Ashes of the Museum’. The sales from this body of work will support the museum’s recovery initiative.” Stay tuned for more information – #VikMuniz’ next exhibition with Sikkema Jenkins & Co. will open in Fall 2019. @vikmuniz #AshesfromtheMuseum #Luzia #MuseoNacional @museunacional1818
Vik Muniz
Fazendo uma palestra sobre a natureza das imagens para os alunos do primeiro ano da @escolaeleva sendo auxiliado pela melhor assistente do mundo e amor da minha vida.
Vik Muniz
Hoje ele é um ano mais velho do que eu era quando ele veio ao mundo, quando eu mesmo o tirei de dentro de sua mãe e o vi pela primeira vez. Antes daquele momento eu era apenas um menino, fazendo um outro nascer e naquele instante, nascemos os dois juntos, um do outro, ele minha metade, e eu, ele inteiro. Eu amo o seu aniversário, Gaspar, porque, de certa forma, é o meu também. O melhor presente que o mundo me deu é poder ser seu pai. Te amo, filho. @gaspar_muniz
Vik Muniz
Rio, eu te amo.
Vik Muniz
(Non Portuguese speakers, please, press translate in the comments thread bellow) and please share........... Se você tem filhos menores de idade, viajando desacompanhados pela DELTA AIRLINES, fiquem sabendo que se a companhia, por alguma razão ou incompetência, resolver cancelar por dois dias consecutivos, a conexão entre Atlanta e Rio, seus filhos só terão o direito de dormir sem nenhum tipo específico de supervisão, em um espaço público do aeroporto, “monitorado por câmeras e plenamente iluminado 24 horas por dia, com total acesso ao banheiro e água potável, na cama da foto acima. Foi o que acabou de acontecer com a minha filha, Mina, que estava vindo passar o domingo de Páscoa comigo e que agora, ainda presa em Atlanta e claramente traumatizada pelo evento, me disse que não quer “vir mais me ver desse jeito”. Se você não é um pai divorciado que paga uma passagem cara para ver a filha quando pode e a tratam como se fossem “carga viva” não deixe de se preocupar, pois a gerência da Delta nos garantiu que TODOS os demais passageiros que perderam a conexão, inclusive os da classe executiva, tiveram exatamente o mesmo tipo de tratamento. Foto by @minarosamuniztschape @delta #deltaairlines #skyteam
Vik Muniz
“Sur la face de cette vieille reine de nos cathédrales, à côté d’une ride on trouve toujours une cicatrice. Tempus edax, homo edacior. Ce que je traduirais volontiers ainsi : le temps est aveugle, l’homme est stupide. Victor Hugo, Notre-Dame de Paris. .................................,.....................Durante a Revolução Francesa, Notre-Dame foi tomada por revolucionários, seu Pináculo foi demolido, estátuas vandalizadas, o chumbo do telhado foi utilizado para a confecção de balas e alguns sinos foram derretidos para serem transformados em canhões. Foi somente em 1831, com a publicação do romance, O Corcunda de Notre-Dame que a opinião pública influiu a formação de uma comissão para monumentos históricos que culminou na restauração da igreja em 1841 dirigida por Viollet-le-Duc and Lassus. O pináculo, e a sacristia foram reconstruídos e as esculturas do interior e da fachada e os vitrais refeitos. A catedral foi rededicada em maio de 1864 pelo arcebispo de Paris. Tudo o que foi feito, pode ser refeito. No caso de Notre-Dame, precisou um artista, atrair a atenção do povo para a beleza invisível das coisas que nos parecem eternas. É a função do artista, especialmente neste mundo pleno de distrações, de fazer o mesmo, por tudo o que seja belo sem parecer ser, antes que seja tarde demais. Com essa tragédia, a obra de arte nos ensina o preço que pagamos por acreditar na eternidade das coisas. ...................Photo por Hippolyte Bayard, “Notre-Dame de Paris durante a reconstrução, 1847.
Vik Muniz
"In 200 years people will look back on this particular period and say to themselves, how did those people at that time just allow all these amazing creatures to vanish." - Dr. Jane Goodall. The @amnh is scheduled to host a reception in honor of Brazilian president Jair Bolsonaro. In just 100 days of government, Bolsonaro has managed to revert most environmental policies in Brazil. He has systematically dismantled all research initiatives, and has positively signaled towards a full and complete lift of land use protection in the Amazon, exposing its entire ecosystem to the adverse effects of the mining, logging and energy industries. Bolsonaro has also deregulated 152 previously banned pesticides in this three month period. His actions represent an irreversible setback for the already vulnerable forests and wetlands that shouldn’t in any possible form be endorsed by an institution such as the American Museum of Natural History. This will not only embolden his aggressive posture against nature but also dishearten the determination of those who so selflessly struggle to maintain what’s left of our natural environment for future generations. Please write to @amnh and beg them not to support this event in that venue. There’s plenty of other less symbolic places where this can happen without tarnishing the reputation of such honorable institution. Photograph of an onça-pintada taken by the great Brazilian photographer Araquem Alcântara. @araquemoficial @nytopinion @washingtonpost
Vik Muniz
Uma rara cerejeira de três cores.
Vik Muniz
Last Sakura Days. Últimas flores de cerejeira.
Vik Muniz
Saiho-ji ou Koke -Dera é um templo Zen Budista ao oeste de Kyoto famoso por seu idílico jardim de musgos. Em vinte e cinco anos que venho quase anualmente ao Japão, essa é a primeira vez que consegui visitá-lo, pois o templo admite um número muito pequeno de visitantes diários e reservas devem ser feitas através de um cartão postal pelo correio com semanas de antecedência. Tudo isso para explicar que todo esse trabalho vale muito a pena mesmo. Este é sem duvida, um dos mais lindos parques que conheci, e a sensação do tempo sobre a vegetação não é algo que a pobre fotografia seja capaz de completamente descrever.
Vik Muniz
Claude Lalanne, 1924-2019. Que mulher linda, maravilhosa, que exemplo perfeito de artista. Claude, como Agnes Varda, definia a feitiçaria particularmente francesa de destilar da invisibilidade mundana do dia-a -dia, poções e elixires capazes de nos fazerem ver o mundo como se pela primeira vez, misterioso, mágico e deslumbrante. Além da artista, a sedutora infalível que amava receber pessoas em seu estúdio, cozinhar para elas, as embriagar com vinho e charme, impregnando-as com seu conhecimento, humor e savoir- vivre. Adeus querida amiga, nos veremos em seu espelho, até nos encontrarmos em algum lugar luminoso, engraçado, com bom vinho e comida que nos acolha. Espero que você terá trazido aquele jogo de bolinhas de cortiça que você inventou, só pra ninguém ganhar de você. Que chato você ter ido tão cedo. #tbt. Fontainebleau 2013
Vik Muniz
Rio, Eu te amo e eu juro que vou cuidar de você.
Vik Muniz
Rio’s mayor. Marcelo Crivella, a self-described “Bishop” of the richest fundamentalist evangelical cult in Brasil, has senselessly cut investments on maintenance of waterways and response to emergencies, counting on the same divine mercy that has stuffed his pockets with sweaty bills from the poor, to provide this same people, with inadequate engineering, precarious response plans, and absolutely not a single measure of relief. Our governor is equally unable to achieve any tangible feat because he is too busy self promoting with cheap demagoguery. The president and his minion clan, are hypocrite climate deniers who paradigmatically blame nature for everything they chose to ignore. I am in Tokyo right now, a place where public funds go generously into preparation for earthquakes and tsunamis, a place constantly working for readiness to face increasing catastrophic events, a place where nobody should die because of corrupt, stupid and senseless politicians, a place where politicians belong to the same human race as their voters. From here I see that there are ways for this to be done, and if it does not happen in Brazil is simply because of the lack of competence and moral of an elected group of individuals. We are all responsible for having these people in office, we should all be blamed for this. Está em inglês porque eu quero que todo mundo que não está vendo notícias locais saibam do perigo que é eleger alguém que acha que Deus vai fazer o trabalho dele. FORA CRIVELLA. Ninguém precisa de bispo se a cidade já está nas mãos de de Deus.
Vik Muniz
TeamLab, arte para se ver depois no telefone. Muito lindo.
Vik Muniz
Existe sim uma qualidade formal que encosta na fronteira do divino. Uma coisa simples, duas curvas convergentes, linhas secas e certeiras em uma doce e solene promessa de ascensão. E daí o infinito teatro de cores, texturas, temperamentos que povoam a forma dita perfeita. O Japão é a personificação dessa montanha, a simplicidade quase comovente que abrange uma complexidade infinita. Conhecer o Fujiyama, mesmo se pelos ícones sintéticos de Hokusai ou Hiroshige , é conhecer o Japão. Konohanasakuya-hime, ou princesa da flor de cerejeira, é a deusa aprazível da montanha sagrada, mas que também controla o inferno das erupções, terremotos e tsunamis. Tudo isso me faz pensar na atração e no fascínio que sinto por essa cultura tão diferente da minha.
Vik Muniz
Boa noite, Tóquio.
Vik Muniz
Cachoeira de Uguisunotaki, na floresta Virgem de Kasugayama. Uma caminhada incrível que pode ser feita a partir do templo do grande Buda (Tōdai-ji).
Vik Muniz
Magnetismo animal, Nara.
Vik Muniz
Ueno.
Vik Muniz
Cerejeiras em flor sobre o Rio Meguro, Tóquio.
Vik Muniz
Flores sobre o fosso do Palácio Imperial. Flowers bordering Tokyo’s imperial garden moat.
Vik Muniz
Casal observando cerejeiras em flor no jardim do New Otani.
Vik Muniz
Incrível foto colagem anamórfica na praça da pirâmide do Louvre feita pelo meu amigo @jr.
Vik Muniz
Agnes Varda, 1928-2019. Her films inspired me to make art out of life and to live like I am always making a work of art. If I ever go to artist’s heaven, I want to be your next door neighbor. Rest In peace, my friend, or continue to be restless, in peace.
Vik Muniz
Vista do Pico de Hong Kong com Victoria Harbour ao fundo. Hoje parto para Tokyo.
Vik Muniz
Sunday mood. ・・ Silhouettes,1933, from British Pathé TV. #Silhouettes via the research of @chicojefferson for @juxtapozmag #Repost @visual.fodder
Vik Muniz
Flores que morrem.
Vik Muniz
Contrails over Paris.
Vik Muniz
Life drawing, literally. ・・ By: Sketch_lines (He does not have an Instagram account) repost by @pencils.academy
Vik Muniz
As Magnólias sempre foram as minhas flores favoritas por anunciarem o começo da primavera. Ontem foi a primeira vez que eu as vi aqui em Paris. ...........First sight of Magnolias in Paris. I love them because they, along with the daffodils are the first ones to bloom announcing the warmer season.
Vik Muniz
A cada volta que o sol dá em seu redor, eu conto as graças, os amanheceres quentes de corpo compassados na doce percussão do teu respirar. Eu conto os nossos cafés com pão com manteiga, nossas mesas aos sons das crianças, nossas madrugadas insones de incontáveis episódios na Netflix. Eu conto o seu se fazer, suas cores na frente do espelho, o seu me encontrar do outro lado do mundo, as suas malas imensas, eu conto as horas, e os quilômetros que as vezes nos separam. O que eu não conto nem dá pra contar, a cada volta que o sol dá em seu redor, é algo que por não se saber a forma certa ou o tamanho, é maior que o universo ou a imaginação. É a contagem incerta de um amor que se aprende a cada segundo, como um novo sentido ou sentimento. Um amor que não tem forma nem quantidade. Um amor que define o infinito. Feliz aniversário, meu infinito amor. @malubarretto foto @brunoryfer
Vik Muniz
Eu e a minha diva, Rossy de Palma na linda festa comemorando o meu projeto com a Ruinart. #sharedroots #ruinart
Vik Muniz
Trabalhando em Paris em uma obra para a mostra “Echoing Trees” que Abre este sábado na Galerie Xippas.
Vik Muniz
Quando um símbolo se torna tão natural quanto o resto da paisagem.
Vik Muniz
Nelson Sargento, 94 anos.Militante cultural.
Vik Muniz
Florence Owens Thompson, catadora de ervilhas, 31 anos, 7 filhos, foi um produto da Grande Depressão. Nenhum nome de mulher aparece na história da origem e condução da devastação econômica americana nos anos 30 e mesmo assim, a imagem que veio a representar essa época é a de uma mãe destituída e maltrapilha contemplando a incerteza de um futuro amplamente arquitetado por homens. O horizonte incerto, artificial, e inquietante que ela olha e compartilha com todos nós continuará sendo o mesmo se a história seguir insistindo que as mulheres só a adentrem pela porta dos fundos. Eu quero viver para ver um mundo onde mulheres tenham o mesmo papel que os homens. Se isso não for a solução para a maioria dos problemas que nos afligem hoje, vai ser um magnífico começo. Por um futuro mais feminino. #diainternacionaldamulher #internationalwomensday Dorothea Lange, Migrant Mother, Nipomo, California, 1936.@ The Library of Congress.
Vik Muniz
“Be like water.Assume the shape of whatever place you’re in. Bruce Lee. Adoro carnaval! #bailedaarara2019 Foto @brunoryfer #bailedaarara #carnaval2019
Vik Muniz
The Underground Boys of Tana. Um grupo de meninos cantores de rua que se apresentam diariamente em frente ao Hostel Tana na cidade de Antananarivo, Madagascar.
Vik Muniz
Horror Vacui. Carnaval 2019.
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz

    “Se a liberdade significa alguma coisa, será sobretudo o direito de dizer às outras pessoas aquilo que elas não querem ouvir”. George Orwell
  • Vik Muniz

    Feliz Dia das Mães, meu amor. @malubarretto
  • Vik Muniz

    Arrivederci, Sereníssima!
  • Vik Muniz

    Veneza.
  • Vik Muniz

    Sundowners.
  • Vik Muniz

    Telhados venezianos.
  • Vik Muniz

    Dez anos de eternidade. Os melhores da minha vida. Eu não sei viver sem você. @malubarretto . Foto fácil de amor verdadeiro da Annie Leibovitz.
  • Vik Muniz

    It’s ready! My Verso of Diego Velasquez 1656 masterpiece Las Meninas was finally assembled here in Brooklyn and ready to join the rest of the show.
  • Vik Muniz

    Beth Carvalho, a grande madrinha do samba nos deixou hoje, porém com um legado musical incomparavelmente precioso. Quando “Coisinha do Pai” foi a primeira música a ser tocada em Marte, algo sorrateiro e delicioso pinicou o meu cérebro, como faz o próprio samba a cada pequena vingança. Aquele sentimento gostoso que conecta o cosmos com o fundo do quintal. Ela está com certeza no meio de Nelson Cavaquinho e Cartola fazendo a alegria de deuses e dando um novo sentido para a eternidade.
  • Vik Muniz

    Mina, Murini mosaic 2019. #mosaic #murini #venice #murano #glasstress2019
  • Vik Muniz

    Luzia era uma jovem de 20 anos quando morreu há 11,500 anos atrás. Sua descoberta nos arredores de Belo Horizonte em 1975, fez com que todas as teorias de povoamento humano nas Américas tivessem que ser revisitadas. Luzia é talvez a vítima mais lamentável do incêndio que consumiu o Museu Nacional em 2 de setembro de 2018. Por sorte uma equipe incansável de especialistas conseguiram resgatar 80% da preciosa relíquia e continuam realizando um verdadeiro trabalho de meta- arqueologia no local com um mínimo de suporte público. A foto acima foi realizada com as cinzas encontradas exatamente no local que Luzia ocupava antes do incêndio e é o primeiro produto da série “As Cinzas do Museu” cujas vendas reverterão em apoio à iniciativa de recuperação do acervo. Eu não sou de postar trabalhos por aqui mas fiquem ligados no desenvolvimento desse projeto que tem a ver com a participação e a memória de todos nós. Por favor repostem. #Repost @sikkemajenkins ・・・ Vik Muniz: “Luzia was 20 years old when she died 11,500 years ago. The discovery of her remains on the outskirts of Belo Horizonte in 1975 prompted all human settlement theories in the Americas to be revisited. Luzia is perhaps the most regrettable victim of the fire that consumed Brazil’s Museu Nacional de Rio de Janeiro on October 19, 2018. A tireless team of experts managed to rescue 80% of the precious relics, and continue to perform archaeological work on site with minimal public support. This photograph was made from the ashes taken from the site where Luzia was on view to the public, and is the first artwork from a new series entitled ‘Ashes of the Museum’. The sales from this body of work will support the museum’s recovery initiative.” Stay tuned for more information – #VikMuniz’ next exhibition with Sikkema Jenkins & Co. will open in Fall 2019. @vikmuniz #AshesfromtheMuseum #Luzia #MuseoNacional @museunacional1818
  • Vik Muniz

    Fazendo uma palestra sobre a natureza das imagens para os alunos do primeiro ano da @escolaeleva sendo auxiliado pela melhor assistente do mundo e amor da minha vida.
  • Vik Muniz

    Hoje ele é um ano mais velho do que eu era quando ele veio ao mundo, quando eu mesmo o tirei de dentro de sua mãe e o vi pela primeira vez. Antes daquele momento eu era apenas um menino, fazendo um outro nascer e naquele instante, nascemos os dois juntos, um do outro, ele minha metade, e eu, ele inteiro. Eu amo o seu aniversário, Gaspar, porque, de certa forma, é o meu também. O melhor presente que o mundo me deu é poder ser seu pai. Te amo, filho. @gaspar_muniz
  • Vik Muniz

    Rio, eu te amo.
  • Vik Muniz

    (Non Portuguese speakers, please, press translate in the comments thread bellow) and please share........... Se você tem filhos menores de idade, viajando desacompanhados pela DELTA AIRLINES, fiquem sabendo que se a companhia, por alguma razão ou incompetência, resolver cancelar por dois dias consecutivos, a conexão entre Atlanta e Rio, seus filhos só terão o direito de dormir sem nenhum tipo específico de supervisão, em um espaço público do aeroporto, “monitorado por câmeras e plenamente iluminado 24 horas por dia, com total acesso ao banheiro e água potável, na cama da foto acima. Foi o que acabou de acontecer com a minha filha, Mina, que estava vindo passar o domingo de Páscoa comigo e que agora, ainda presa em Atlanta e claramente traumatizada pelo evento, me disse que não quer “vir mais me ver desse jeito”. Se você não é um pai divorciado que paga uma passagem cara para ver a filha quando pode e a tratam como se fossem “carga viva” não deixe de se preocupar, pois a gerência da Delta nos garantiu que TODOS os demais passageiros que perderam a conexão, inclusive os da classe executiva, tiveram exatamente o mesmo tipo de tratamento. Foto by @minarosamuniztschape @delta #deltaairlines #skyteam
  • Vik Muniz

    “Sur la face de cette vieille reine de nos cathédrales, à côté d’une ride on trouve toujours une cicatrice. Tempus edax, homo edacior. Ce que je traduirais volontiers ainsi : le temps est aveugle, l’homme est stupide. Victor Hugo, Notre-Dame de Paris. .................................,.....................Durante a Revolução Francesa, Notre-Dame foi tomada por revolucionários, seu Pináculo foi demolido, estátuas vandalizadas, o chumbo do telhado foi utilizado para a confecção de balas e alguns sinos foram derretidos para serem transformados em canhões. Foi somente em 1831, com a publicação do romance, O Corcunda de Notre-Dame que a opinião pública influiu a formação de uma comissão para monumentos históricos que culminou na restauração da igreja em 1841 dirigida por Viollet-le-Duc and Lassus. O pináculo, e a sacristia foram reconstruídos e as esculturas do interior e da fachada e os vitrais refeitos. A catedral foi rededicada em maio de 1864 pelo arcebispo de Paris. Tudo o que foi feito, pode ser refeito. No caso de Notre-Dame, precisou um artista, atrair a atenção do povo para a beleza invisível das coisas que nos parecem eternas. É a função do artista, especialmente neste mundo pleno de distrações, de fazer o mesmo, por tudo o que seja belo sem parecer ser, antes que seja tarde demais. Com essa tragédia, a obra de arte nos ensina o preço que pagamos por acreditar na eternidade das coisas. ...................Photo por Hippolyte Bayard, “Notre-Dame de Paris durante a reconstrução, 1847.
  • Vik Muniz

    "In 200 years people will look back on this particular period and say to themselves, how did those people at that time just allow all these amazing creatures to vanish." - Dr. Jane Goodall. The @amnh is scheduled to host a reception in honor of Brazilian president Jair Bolsonaro. In just 100 days of government, Bolsonaro has managed to revert most environmental policies in Brazil. He has systematically dismantled all research initiatives, and has positively signaled towards a full and complete lift of land use protection in the Amazon, exposing its entire ecosystem to the adverse effects of the mining, logging and energy industries. Bolsonaro has also deregulated 152 previously banned pesticides in this three month period. His actions represent an irreversible setback for the already vulnerable forests and wetlands that shouldn’t in any possible form be endorsed by an institution such as the American Museum of Natural History. This will not only embolden his aggressive posture against nature but also dishearten the determination of those who so selflessly struggle to maintain what’s left of our natural environment for future generations. Please write to @amnh and beg them not to support this event in that venue. There’s plenty of other less symbolic places where this can happen without tarnishing the reputation of such honorable institution. Photograph of an onça-pintada taken by the great Brazilian photographer Araquem Alcântara. @araquemoficial @nytopinion @washingtonpost
  • Vik Muniz

    Uma rara cerejeira de três cores.
  • Vik Muniz

    Last Sakura Days. Últimas flores de cerejeira.
  • Vik Muniz

    Saiho-ji ou Koke -Dera é um templo Zen Budista ao oeste de Kyoto famoso por seu idílico jardim de musgos. Em vinte e cinco anos que venho quase anualmente ao Japão, essa é a primeira vez que consegui visitá-lo, pois o templo admite um número muito pequeno de visitantes diários e reservas devem ser feitas através de um cartão postal pelo correio com semanas de antecedência. Tudo isso para explicar que todo esse trabalho vale muito a pena mesmo. Este é sem duvida, um dos mais lindos parques que conheci, e a sensação do tempo sobre a vegetação não é algo que a pobre fotografia seja capaz de completamente descrever.
  • Vik Muniz

    Claude Lalanne, 1924-2019. Que mulher linda, maravilhosa, que exemplo perfeito de artista. Claude, como Agnes Varda, definia a feitiçaria particularmente francesa de destilar da invisibilidade mundana do dia-a -dia, poções e elixires capazes de nos fazerem ver o mundo como se pela primeira vez, misterioso, mágico e deslumbrante. Além da artista, a sedutora infalível que amava receber pessoas em seu estúdio, cozinhar para elas, as embriagar com vinho e charme, impregnando-as com seu conhecimento, humor e savoir- vivre. Adeus querida amiga, nos veremos em seu espelho, até nos encontrarmos em algum lugar luminoso, engraçado, com bom vinho e comida que nos acolha. Espero que você terá trazido aquele jogo de bolinhas de cortiça que você inventou, só pra ninguém ganhar de você. Que chato você ter ido tão cedo. #tbt. Fontainebleau 2013
  • Vik Muniz

    Rio, Eu te amo e eu juro que vou cuidar de você.
  • Vik Muniz

    Rio’s mayor. Marcelo Crivella, a self-described “Bishop” of the richest fundamentalist evangelical cult in Brasil, has senselessly cut investments on maintenance of waterways and response to emergencies, counting on the same divine mercy that has stuffed his pockets with sweaty bills from the poor, to provide this same people, with inadequate engineering, precarious response plans, and absolutely not a single measure of relief. Our governor is equally unable to achieve any tangible feat because he is too busy self promoting with cheap demagoguery. The president and his minion clan, are hypocrite climate deniers who paradigmatically blame nature for everything they chose to ignore. I am in Tokyo right now, a place where public funds go generously into preparation for earthquakes and tsunamis, a place constantly working for readiness to face increasing catastrophic events, a place where nobody should die because of corrupt, stupid and senseless politicians, a place where politicians belong to the same human race as their voters. From here I see that there are ways for this to be done, and if it does not happen in Brazil is simply because of the lack of competence and moral of an elected group of individuals. We are all responsible for having these people in office, we should all be blamed for this. Está em inglês porque eu quero que todo mundo que não está vendo notícias locais saibam do perigo que é eleger alguém que acha que Deus vai fazer o trabalho dele. FORA CRIVELLA. Ninguém precisa de bispo se a cidade já está nas mãos de de Deus.
  • Vik Muniz

    TeamLab, arte para se ver depois no telefone. Muito lindo.
  • Vik Muniz

    Existe sim uma qualidade formal que encosta na fronteira do divino. Uma coisa simples, duas curvas convergentes, linhas secas e certeiras em uma doce e solene promessa de ascensão. E daí o infinito teatro de cores, texturas, temperamentos que povoam a forma dita perfeita. O Japão é a personificação dessa montanha, a simplicidade quase comovente que abrange uma complexidade infinita. Conhecer o Fujiyama, mesmo se pelos ícones sintéticos de Hokusai ou Hiroshige , é conhecer o Japão. Konohanasakuya-hime, ou princesa da flor de cerejeira, é a deusa aprazível da montanha sagrada, mas que também controla o inferno das erupções, terremotos e tsunamis. Tudo isso me faz pensar na atração e no fascínio que sinto por essa cultura tão diferente da minha.
  • Vik Muniz

    Boa noite, Tóquio.
  • Vik Muniz

    Cachoeira de Uguisunotaki, na floresta Virgem de Kasugayama. Uma caminhada incrível que pode ser feita a partir do templo do grande Buda (Tōdai-ji).
  • Vik Muniz

    Magnetismo animal, Nara.
  • Vik Muniz

    Ueno.
  • Vik Muniz

    Cerejeiras em flor sobre o Rio Meguro, Tóquio.
  • Vik Muniz

    Flores sobre o fosso do Palácio Imperial. Flowers bordering Tokyo’s imperial garden moat.
  • Vik Muniz

    Casal observando cerejeiras em flor no jardim do New Otani.
  • Vik Muniz

    Incrível foto colagem anamórfica na praça da pirâmide do Louvre feita pelo meu amigo @jr.
  • Vik Muniz

    Agnes Varda, 1928-2019. Her films inspired me to make art out of life and to live like I am always making a work of art. If I ever go to artist’s heaven, I want to be your next door neighbor. Rest In peace, my friend, or continue to be restless, in peace.
  • Vik Muniz

    Vista do Pico de Hong Kong com Victoria Harbour ao fundo. Hoje parto para Tokyo.
  • Vik Muniz

    Sunday mood. ・・ Silhouettes,1933, from British Pathé TV. #Silhouettes via the research of @chicojefferson for @juxtapozmag #Repost @visual.fodder
  • Vik Muniz

    Flores que morrem.
  • Vik Muniz

    Contrails over Paris.
  • Vik Muniz

    Life drawing, literally. ・・ By: Sketch_lines (He does not have an Instagram account) repost by @pencils.academy
  • Vik Muniz

    As Magnólias sempre foram as minhas flores favoritas por anunciarem o começo da primavera. Ontem foi a primeira vez que eu as vi aqui em Paris. ...........First sight of Magnolias in Paris. I love them because they, along with the daffodils are the first ones to bloom announcing the warmer season.
  • Vik Muniz

    A cada volta que o sol dá em seu redor, eu conto as graças, os amanheceres quentes de corpo compassados na doce percussão do teu respirar. Eu conto os nossos cafés com pão com manteiga, nossas mesas aos sons das crianças, nossas madrugadas insones de incontáveis episódios na Netflix. Eu conto o seu se fazer, suas cores na frente do espelho, o seu me encontrar do outro lado do mundo, as suas malas imensas, eu conto as horas, e os quilômetros que as vezes nos separam. O que eu não conto nem dá pra contar, a cada volta que o sol dá em seu redor, é algo que por não se saber a forma certa ou o tamanho, é maior que o universo ou a imaginação. É a contagem incerta de um amor que se aprende a cada segundo, como um novo sentido ou sentimento. Um amor que não tem forma nem quantidade. Um amor que define o infinito. Feliz aniversário, meu infinito amor. @malubarretto foto @brunoryfer
  • Vik Muniz

  • Vik Muniz

    Eu e a minha diva, Rossy de Palma na linda festa comemorando o meu projeto com a Ruinart. #sharedroots #ruinart
  • Vik Muniz

    Trabalhando em Paris em uma obra para a mostra “Echoing Trees” que Abre este sábado na Galerie Xippas.
  • Vik Muniz

    Quando um símbolo se torna tão natural quanto o resto da paisagem.
  • Vik Muniz

    Nelson Sargento, 94 anos.Militante cultural.
  • Vik Muniz

    Florence Owens Thompson, catadora de ervilhas, 31 anos, 7 filhos, foi um produto da Grande Depressão. Nenhum nome de mulher aparece na história da origem e condução da devastação econômica americana nos anos 30 e mesmo assim, a imagem que veio a representar essa época é a de uma mãe destituída e maltrapilha contemplando a incerteza de um futuro amplamente arquitetado por homens. O horizonte incerto, artificial, e inquietante que ela olha e compartilha com todos nós continuará sendo o mesmo se a história seguir insistindo que as mulheres só a adentrem pela porta dos fundos. Eu quero viver para ver um mundo onde mulheres tenham o mesmo papel que os homens. Se isso não for a solução para a maioria dos problemas que nos afligem hoje, vai ser um magnífico começo. Por um futuro mais feminino. #diainternacionaldamulher #internationalwomensday Dorothea Lange, Migrant Mother, Nipomo, California, 1936.@ The Library of Congress.
  • Vik Muniz

    “Be like water.Assume the shape of whatever place you’re in. Bruce Lee. Adoro carnaval! #bailedaarara2019 Foto @brunoryfer #bailedaarara #carnaval2019
  • Vik Muniz

    The Underground Boys of Tana. Um grupo de meninos cantores de rua que se apresentam diariamente em frente ao Hostel Tana na cidade de Antananarivo, Madagascar.
  • Vik Muniz

    Horror Vacui. Carnaval 2019.
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz
  • Vik Muniz

Комментарии (0)
Средняя оценка 0 из 5. Количество проголосовавших: 0
Здесь не опубликовано еще ни одного комментария
  1. Опубликовать комментарий как Гость.
Оцените новость:
0 Количество знаков
Вложения (0 / 3)
Поделитесь своим местоположением

Новости шоу бизнеса - Журнал RussianShowbiz

О сайте
Сетевое издание «Журнал RussianShowbiz». Любое воспроизведение материалов сайта без размещения активной ссылки воспрещается.
Copyright © 2012 - 2018 16+